Pages

sexta-feira, 24 de abril de 2009


Olá, Pessoas da Comunicação!

Hoje temos uma história interessante para contar.

 

Como sabem, a fotografia vencedora no concurso Comunicação no Social edição Março/09 foi Emília Garçon Borges, da 7JRN, que terá sua foto veiculada no Jornal do Dia. 

Em entrevista ao blog, Emília falou sobre a inusitada maneira como capturou sua imagem vencedora.


Blog Comunicação SEAMA – Como surgiu a idéia de fotografar uma senhora empunhando um fuzil imaginário? 

Emília Borges – Bom, a idéia na verdade surgiu da falta de idéias. Estava procurando uma situação ou personagem para clicar e concorrer, sem a inspiração que precisava fui à casa de uma amiga, para passar o tempo, então, felizmente, sua avó posou para mim. Na verdade foi uma boa coincidência.  

Blog CS – E como surgiu a idéia da pose de atirador? Da avó de sua amiga ou sua?

E. B. - A pose também foi bastante inusitada, na verdade não era pose para a foto. Perguntei à elas se por acaso tinham alguma idéia de o quê representaria a “Segurança Pública” em forma de imagem, então a senhora começou a relatar uma experiência que teve com policiais que invadiram sua casa, foi aí que surgiu a pose. Enquanto ela falava, gesticulava e encenava a situação toda. Foi quando pensei “Isso dá uma boa foto”.

Blog CS – E o que ela dizia no exato momento desta foto?

E.B. – Ela dizia ”Então os policiais entraram na casa apontando as armas e perguntavam ‘Qual é o teu apelido, qual é o teu apelido!’ (risos).

Blog CS – Essa fotografia fala muitas coisas, qual é a maior marca dela pra você?

E.B. – A contradição, a imagem de uma frágil senhora em contraste com a violência representada pela arma de fogo empunhada e suas expressões.

 

 

Para conhecer mais sobre o trabalho de Emília Borges, acesse seu Blog:

http://emiliaborges.wordpress.com

Postado por: Mila Ramos http://porumnovojornalismo.wordpress.com

4 comentários:

Roberta Scheibe disse...

Sensacional!

Anônimo disse...

boa matéria

Clay Sam

semmordaças disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
semmordaças disse...

Mandaram mt bem Mila e Emília...